Adama participa de Dia de Campo da Fundação Procafé, em Varginha (MG)

Empresa espera receber cerca de 2 mil cafeicultores no stand; inscrição de visitantes para o evento é gratuita e pode ser feita pelo site da organização

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Maio de 2015 Edição do Mês

Com informações da Assessoria de Imprensa


(Foto: Divulgação)

Adama (leia-se Adamá), empresa global do setor de agroquímicos, é uma das expositoras do Dia de Campo da Fundação Procafé, na Fazenda Experimental de Varginha (MG). Os visitantes podem se inscrever gratuitamente pelo site www.fundacaoprocafe.com.br/formulario/varginha.php e conferir de perto as últimas novidades apresentadas pela companhia aos cafeicultores.

Além das exposições de produtos, o evento reserva um circuito de palestras de 15 minutos de duração para cada empresa participante. A Adama, que espera receber cerca de 2 mil pessoas no stand, será representada pelo engenheiro agrônomo de Desenvolvimento de Mercado, Daniel Sala, que abordará o cenário atual da cafeicultura brasileira e as alternativas oferecidas pelo mercado para o manejo preciso da cafeicultura. “Nos últimos quatro anos, as doenças do complexo de florada têm sido cada vez mais um sério problema para os produtores, devido à grande perda de produtividade que elas causam. Para acabar com este problema, o controle dessas doenças deve ser realizado de forma preventiva, principalmente nas épocas de pré e pós-florada, que são mais propensas a ataques”, ressalta Sala.

O 1º Levantamento da Safra de Café da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revela que a produção da cultura em Minas Gerais deve superar a marca de 23 milhões de sacas em 2015. A análise mostra que a área produtiva no estado deve totalizar 973,5 mil hectares e o rendimento médio chegar a 23,97 sacas por hectare, 5,36% acima do alcançado no ano passado. A cafeicultura está presente em mais de 500 dos 853 municípios mineiros e é considerada a atividade agrícola de maior representatividade na região.

Soluções da Adama

Os visitantes poderão comprovar na área experimental conduzida pela Fundação Procafé, localizada no stand da Adama, a eficiência do sistema integrado de manejo Sim Café, constituído pelos produtos Azimut®, Pratico® e Guapo® que, juntos, oferecem amplo controle de pragas e doenças durante a florada dos cafezais, no solo e nas folhas.

Os fungicidas Azimut® e Guapo® possuem ações diferentes. Enquanto o primeiro é ideal para proteger o cafezal na época da florada, o segundo controla a ferrugem no período de granação até a maturação dos frutos.

Pratico® é indicado para o manejo de pragas e da ferrugem, principal doença da cultura, e oferece vigor e controle à lavoura em uma única aplicação no solo.

A Adama irá apresentar também os benefícios do ExpertGrow, estimulante vegetal que atua de forma intensa e prolongada no DNA das plantas e aumenta a sua tolerância a estresses ambientais, proporcionando floradas mais  vigorosas e com maior número de frutos.

“Mostraremos aos cafeicultores nos dois dias de evento como a Adama desenvolve soluções efetivas para manter os cafezais fortes e protegidos de ataques de doenças e pragas, que podem prejudicar a produtividade nas lavouras em mais de 50%”, explica Daniel Sala.

Notícias Relacionadas